BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Policial RIBEIRÃO PRETO: Mulher acusada de agredir filha de 2 anos paga fiança e deixa cadeia

RIBEIRÃO PRETO: Mulher acusada de agredir filha de 2 anos paga fiança e deixa cadeia

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

violencia

A mulher de 27 anos acusada de agredir a filha, 2, na rodoviária de Ribeirão Preto, na tarde desta quinta-feira (15), deixou a carceragem da CPJ (Central de Polícia Judiciária) após um primo dela pagar a fiança no valor de R$ 2 mil.

Segundo a Polícia Civil, o alvará de soltura para a indiciada foi expedido às 21h30. A mulher vai responder em liberdade por lesão corporal.

Uma testemunha contou à polícia que a agressão com socos na cabeça, puxões de cabelo e com um calçado nas costas da vítima teria começado depois que a criança passou a correr de um lado para o outro.

A mãe teria recomeçado com a agressão após a menina ter derrubado um sorvete no chão, conforme relato da própria testemunha. A investigação deverá ser conduzida pelo 3° Distrito Policial.

Após exames, os médicos constataram vários hematomas no corpo da menina, além de marcas de queimaduras feitas, provavelmente, com cigarro. Após o atendimento, a menina ficou sob responsabilidade do Conselho Tutelar.

Segundo o delgado Alexandre Daur, que estava de plantão neste feriado, testemunhas relataram que a mulher deu vários tapas, socos e puxões de cabelo na criança. Uma dessas testemunhas tirou a criança da mulher e aguardou a chegada dos policiais.

As testemunhas ainda relataram que a mulher gritou muito na rodoviária dizendo que ela tinha o direito de bater na menina por ser a mãe. A mulher vai passar a noite na cela da delegacia e, nesta sexta-feira (16), será apresentada para audiência de custódia.

Passa bem

De acordo com o Conselho Tutelar, a menina passada bem. Ela foi levada para uma unidade da Prefeitura de Ribeirão Preto, no Planalto Verde, que faz o acolhimento de crianças vitimizadas.

A menina vai ficar no local até, pelo menos, segunda-feira (19), aguardando que parentes busquem fazer um contato. Só depois o Conselho vai apontar o destino da criança. (EPTV)

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos