Uma mancha solar pode ejetar partículas carregadas de radiação em direção ao planeta terra, de acordo com o observatório de dinâmica solar da Nasa. A mancha denominada de AR 3038 dobrou de tamanho entre domingo,19, e segunda-feira, 20.

Segundo especialistas do site Spaceweather, o AR 38 possui um campo magnético “beta-gama” instável, abrigando energia para erupções solares classe M. Essa classe pode afetar regiões dos pólos magnéticos da Terra e gerar bloqueios radiofônicos.

Apesar da intensidade dessa atividade, não há o que se preocupar. Um sinalizador M9, o mais violento da classe M, tem o potencial de causar apenas 10 minutos de bloqueios nas estações de rádio e alguns problemas para utilizar GPS. Esse fato ocorre pois são ejetados massa coronais (CME), (gás ionizado a alta temperatura, provenientes da coroa solar)

Pesquisadores do Instituto de Química de São Carlos (IQSC), da Universidade de São Paulo, identificaram um método com potencial para prever a gravidade da infecção por covid-19 nos pacientes, a partir da análise do plasma sanguíneo. O sistema pode servir como ferramenta de triagem no atendimento dos infectados e ser utilizado a fim de evitar a evolução da doença. O estudo foi publicado na revista científica Journal of Proteome Research.

De acordo com a pesquisa, os pacientes infectados pela doença tiveram variações na concentração de seis substâncias encontradas no sangue, chamadas de metabólitos, sendo elas glicerol, acetato, 3-aminoisobutirato, formato, glucuronato e lactato. As análises revelaram que, quanto maior o desequilíbrio na quantidade dessas substâncias no início da infecção, mais graves eram os quadros de saúde que os pacientes desenvolviam.

Pronto para testemunhar um momento raro e especial no mês de junho? Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno se unirão em um alinhamento especial que não acontecia há 18 anos. Esses planetas formarão um arco próximo à eclíptica que será visível da Terra.

O alinhamento dos planetas a olho nu ficou visível a partir de 3 de junho, mas você precisava de um binóculo para ver Mercúrio tão perto do sol. Os 40 minutos antes do nascer do sol em 24 de junho, segundo o Sky & Telescope, é quando você terá a melhor visão do espetáculo.

O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira (16) que mais um caso de varíola dos macacos (Monkeypox) foi notificado no país. De acordo com a pasta, o caso foi confirmado em São Paulo, após exame realizado pelo Instituto Adolfo Lutz.

Trata-se de um paciente de 28 anos, morador de Indaiatuba (SP), com histórico de viagem para a Europa. Ele está em isolamento e apresenta estado clínico estável, sem complicações. O caso é monitorado pelas secretarias de saúde municipal e estadual.

Entre os 10 municípios brasileiros que mais emitem gases do efeito estufa, os causadores do aquecimento global, oito estão na Amazônia — cinco deles no estado do Pará. Os dados são referentes ao ano de 2019, estimativa mais recente disponível para o país, e foram divulgados nesta segunda-feira (13) pelo Sistema de Estimativas de Emissões e Remoções de Gases de Efeito Estufa (SEEG).

Altamira (PA), São Félix do Xingu (PA) e Porto Velho (RO) lideram entre os 5.570 municípios brasileiros. Todas as oito cidades da Amazônia estão no topo da lista pelo mesmo motivo: desmatamento. A região Norte representa 60% de todo o carbono liberado no país.

O Brasil registrou, em maio, 3.176 mortes pela Covid-19, o menor número mensal desde o início da pandemia.

Os dados foram apurados pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias de Saúde do país.

O número visto no mês passado foi ainda menor que o de abril deste ano – que, com 3.691 mortes registradas, tinha, até então, o número mais baixo de óbitos desde março de 2020, quando 202 foram registrados.

Pesquisadores da Universidade da Austrália Ocidental e da Universidade Flinder descobriram na costa da Austrália a maior planta do mundo. A “Posidonia australis” foi localizada em Shark Bay, cerca de 800 km ao norte da cidade Perth, e se estende por 180 km. A equipe de cientistas estima que a erva marinha tenha pelo menos 4.500 anos.

O estudo foi publicado nesta quarta-feira (1) na revista Proceedings of the Royal Society B.

Visionário, à frente de seu tempo, com problemas de saúde mental, ou apenas um escritor com uma grande imaginação?

Edgar Allan Poe (1809-1849) foi muitas coisas: pai do romance policial, mestre do conto e do terror, o primeiro americano que tentou viver como escritor e que, surpreendentemente, conseguiu, além de jornalista, alcoólatra, pensador.

Mas há algo pelo qual Poe era fascinado desde pequeno, a ciência. E, com sua mente inquieta, dedicou-se a especular sobre o cosmos e a origem das coisas.

Assim, escreveu uma obra em que antecipou algumas das teorias modernas da cosmologia, incluindo o Big Bang.

Depois do frio que a última semana trouxe para diversas cidades do país, foi possível ter um leve spoiler de como será a estação mais fria do ano: o inverno. Mas, além de ser mais frio, o outono e o inverno possuem características como uma menor incidência de luz solar, levando a casos de baixa vitamina D no organismo, por isso, é muito importante ficar atento aos níveis, principalmente agora.

Isso porque, é justamente no outono e inverno que as doenças respiratórias costumam ressurgir. E como a vitamina D é a grande responsável pela manutenção do sistema imunológico, quando está em baixa, pode tornar o organismo mais suscetível e vulnerável a esse tipo de problema.

Depois de muitos estranharem os dias tão quentes já no outono, parece que o clima resolveu mudar de vez e uma onda intensa de frio atingiu várias partes do país. Com temperaturas de apenas 1 dígito e sensação térmica ainda menor, o tempo gelado costuma exigir mais precauções com a saúde.

Além dos cuidados com as doenças respiratórias, outro alerta tem chamado atenção: a maior incidência de infartos durante o frio — doença que lidera a causa de óbitos entre os brasileiros. Logo, não há tempo a perder, viu? É fundamental entender como os poucos graus afetam a saúde do coração e aprender a se prevenir desses eventos.