BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Brasil e Mundo Após atingir Bahamas, furacão Dorian segue em direção à costa dos EUA

Após atingir Bahamas, furacão Dorian segue em direção à costa dos EUA

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

furacao

Após atingir as Bahamas com ventos de quase 300 km/h e provocando chuvas torrenciais, o furacão Dorian se aproxima lentamente da costa sudeste dos Estados Unidos. O Centro Nacional de Furacões (NHC) estima que a tempestade passará "perigosamente perto" da costa da Flórida entre a noite desta segunda-feira (2) e a madrugada de terça-feira (3).

Após vários dias de incerteza sobre a trajetória de Dorian, é possível que o olho do furacão não chegue ao continente americano, mas ainda é difícil prever qual será o impacto na costa da Flórida.

No domingo, estados da Flórida, Geórgia e Carolina do Sul declararam estado de emergência e ordenaram que moradores da costa deixem suas casas.

Na Flórida, a medida atingiu Palm Beach e o condado de Martin. Na Geórgia, seis condados foram atingidos. Já na Carolina do Sul, 800 mil pessoas foram orientadas a se deslocar.

Dorian se desloca lentamente, a apenas 7 km/h, o que indica um potencial de dano maior, já que os ventos fortes permanecem sobre a região por mais tempo.

Em Washington, o presidente Donald Trump se reuniu com os diretores de gestão de emergências e disse que "isto parece monstruoso".

"Esperamos que boa parte da costa leste receba o impacto ou parte do impacto de forma muito, muito severa", disse o mandatário, que cancelou a viagem à Polônia no fim de semana para monitorar a situação.

Bahamas

O furacão de categoria 5 (a mais alta da escala de Saffir Simpson), com ventos sustentados de 295 km/h e classificado como "catastrófico" pelo NHC, tocou a terra ao meio-dia de domingo (horário local) na ilha Elbow, que faz parte das Ilhas Ábaco, no noroeste das Bahamas. Até o momento não há informações sobre vítimas no arquipélago formado por 700 ilhas.

Até o momento não há informações sobre vítimas, mas há registro de enchentes e de milhares de imóveis danificados.

A Federação Internacional da Cruz Vermelha afirmou que 13 mil imóveis ficaram destruídos ou muito danificados, de acordo com a CNN. As enchentes provocaram ainda a contaminação da água potável. O olho do furacão nesta segunda está em Grand Bahama. (G1)

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos