BLUE GREY RED
YOU ARE HERE Home Notícias Ibitinga e Bariri Giovana: DNA examinado não é do suspeito principal da polícia, constata laboratório

JKA

Giovana: DNA examinado não é do suspeito principal da polícia, constata laboratório

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 

Após 50 dias preso, o suspeito principal de ter estuprado e matado Giovana, de 8 anos, em Ibitinga, foi solto pela Justiça. A decisão foi tomada depois da conclusão do exame laboratorial, que examinou o DNA encontrado nas roupas da criança e constatou que não pertence ao suspeito.

O alvará de soltura foi expedido ontem (24) por falta de provas contra o suspeito, que estava preso desde o dia 05 de março, preventivamente. Ele é apontado pela polícia como autor do crime contra a criança, porque estava no local do acontecimento e, de acordo com a polícia, relatou fatos contraditórios em depoimento.

 

O exame foi realizado em cima do DNA coletado das roupas da vítima. O mesmo DNA, masculino, estava em uma bexiga, achada ao lado da pequena Giovana. A polícia considerou que este DNA pudesse ser do suspeito, mas o resultado não bateu.

Agora, a polícia busca reunir mais elementos para resolver o caso que chocou Ibitinga. (Informações IbitingaDiario)

Comente:

Compartilhe:

Submit to DeliciousSubmit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google BookmarksSubmit to StumbleuponSubmit to TechnoratiSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Últimas Notícias

Novos Vídeos