Itápolis: Doação de área para empresa chinesa sai de pauta

Avaliação do Usuário
PiorMelhor 
Criado em Terça, 06 Junho 2017 13:54
Última atualização em Terça, 06 Junho 2017 13:54

Não apresentação de certidões motivou saída da matéria

A Câmara de Vereadores se reuniu em sessão ordinária no início da tarde de segunda-feira (05). O projeto de doação de área para o grupo empresarial chinês Biochin Importadora e Exportadora Ltda foi retirado de pauta depois de discussões sobre a não apresentação das certidões negativas de débitos tributários da empresa.

O vereador Tonicão D’Agostino (PSDB), representante da Câmara no Conselho do Programa de Desenvolvimento Industrial (PRODEI), informou na Tribuna que a empresa não apresentara os documentos ao Conselho e que o deferimento do pedido dos chineses para a doação foi apreciado pela composição do ano passado do colegiado.

A informação intensificou os debates e apartes na Tribuna. Sem as certidões, os vereadores optaram por retirar o projeto de pauta.
A nova versão do texto da matéria prevê doação de área com 5.271 metros quadrados, dez por cento da área prevista no projeto anterior, também retirado no dia 03 de maio.

O valor estimado da área atual, que fica na Zona Industrial da Avenida Tarquínio Bellentani, é de R$ 790 mil.

A empresa pretende atuar na produção de celulose branca a partir do bagaço da cana-de açúcar. A doação é precária e garante apenas uma cessão de uso. Após dez anos de efetivo funcionamento, a empresa pode requerer a escritura definitiva da área.

Imprensa Câmara Municipal

Comente:

Download SocComments v1.3