Um carro capotou depois de ter a lateral atingida por um outro veículo na tarde desta terça-feira (4) no Jardim Canaã, em Ibitinga.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, a colisão aconteceu porque uma das motoristas teve a visão prejudicada por causa do sol e não parou antes de entrar na rotatória da Avenida Prefeito Alberto Alves Casemiro.

Ainda segundo os bombeiros, apenas as motoristas estavam dentro dos veículos e ninguém se feriu. A via onde aconteceu o acidente também não precisou ser interditada.

G1

A Secretaria de Saúde de Itápolis, seguindo o Plano Nacional de Imunização informa que o agendamento da vacinação contra Covid-19, nas Unidades de Saúde de Itápolis e dos Distritos de Tapinas e Nova América, para o primeiro grupo de pessoas com comorbidades, começa nesta quarta-feira (5).

Podem se cadastrar para receber a vacinação pessoas com 18 a 59 anos
Síndrome de Down
Pacientes renais em diálise
Transplantados imunossuprimidos

Leia mais...

A situação da saúde em Itápolis encontra-se bastante grave no momento. Com 90 óbitos, 3332 casos confirmados de Covid (68 registrados em apenas um dia) e a Santa Casa com lotação máxima, doentes aguardam fila para serem transferidos para hospitais de outras cidades.

Os dados são da Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, registrados até esta terça-feira (04/05). Confira:

Leia mais...

O ator e humorista Paulo Gustavo, um dos artistas mais populares e admirados do país, morreu nesta terça-feira (4), aos 42 anos, vítima de Covid-19. Criador de Dona Hermínia e de outros personagens inesquecíveis no teatro, na TV e no cinema, ele estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio

O quadro de saúde de Paulo Gustavo piorou na noite de domingo (2), quando sofreu uma embolia pulmonar. Antes, ele vinha apresentando melhoras significativas – chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e a interagir com médicos e com o marido, Thales Bretas.

Leia mais...

O contrato que prevê aquisição de mais 100 milhões de doses da vacina da Pfizer será assinado ainda nesta semana. A informação foi confirmada à reportagem da CNN, pelo próprio ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

A nova remessa deve chegar ao Brasil ainda neste ano, entre outubro e dezembro. Após a entrega do primeiro lote de 100 milhões de doses já acertado anteriormente.

Leia mais...

A Secretaria Municipal de Saúde de Itápolis informa o cronograma de vacinação Covid-19:

1ª dose - 63 anos ou mais

2ª dose para idosos que já receberam a 1ª dose

Praça da Igreja de Nossa Senhora Aparecida - Drive-thru e Salão 8h às 14h

 Centro de Saúde 8h às 14h

UBS de Tapinas  8h às 11h30 (segunda a sexta)

UBS de Nova América  8h às 11h30 (terça a sexta)

Leia mais...

As internações e mortes por covid-19 começaram a diminuir após quatro semanas de infecções desaceleradas no Brasil, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta sexta-feira (30).

"Os casos agora diminuíram por quatro semanas consecutivas, e as internações e mortes também estão diminuindo. Isso é uma notícia boa e esperamos que essa tendência continue", disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em entrevista coletiva.

Leia mais...

Ao participar de uma coletiva de imprensa nesta sexta-feira (30) junto à Organização Mundial de Saúde (OMS), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que "é possível garantir" que toda a população brasileira será vacinada contra a Covid-19 até o final de 2021.

"Temos doses suficientes para o segundo semestre e é possível se garantir que até o final do ano de 2021 tenhamos nossa população inteiramente vacinada", afirmou o ministro.

Queiroga disse que o país terá 500 milhões de doses de vacina até o fim do ano.

Leia mais...

De onde vêm as armas, as munições e os explosivos que têm sido usados por quadrilhas em ataques a bancos no Brasil? Segundo especialistas em segurança pública ouvidos pelo G1, traficantes internacionais e nacionais são responsáveis por fornecer fuzis, cartuchos e dinamites a esses grupos criminosos conhecidos como "novo cangaço".

Entre os dias 5 a 16 de abril, foram pelo menos dez ataques em cidades diferentes de quatro estados: São Paulo (SP), Paraná (PR), Bahia (BA) e Minas Gerais (MG). Os alvos foram ao menos 13 agências bancárias e uma financeira. Os bandos preferem atacar, em sua maioria, instituições que guardam dinheiro em cidades pequenas, onde as forças de segurança não têm poderio bélico para enfrentar bandos fortemente armados.

Leia mais...