A onda de frio extremo que chega ao Sul e Sudeste do Brasil nesta semana poderá fazer com que alguns brasileiros questionem se o planeta está, de fato, aquecendo. Sim, está — e há fortes indícios de que a onda de frio seja ela mesma intensificada pelas mudanças climáticas em curso.

A onda deve derrubar as temperaturas nos estados do Sul, Sudeste e de parte do Centro-Oeste até o próximo domingo (1º/8).

Nas serras catarinense e gaúcha, as mínimas previstas são de -10ºC, com sensação térmica de até -25ºC, enquanto Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Campo Grande, São Paulo, Belo Horizonte e Vitória devem registrar as menores temperaturas do ano.

Será a segunda onda de frio intenso a atingir a região em menos de um mês. Em 30 de junho, várias cidades do Sul e Sudeste tiveram as menores temperaturas dos últimos anos — marcas que agora poderão ser batidas pela nova onda.

O frio extremo atinge o sul do Brasil enquanto, no Hemisfério Norte, vários países registram recordes de calor e de volume de chuvas.

O Brasil irá vacinar adolescentes de 12 a 17 anos contra Covid-19 depois que toda a população de 18 anos ou mais receber ao menos uma dose de imunizante. A informação está em comunicado assinado nesta terça-feira (27) pelo Ministério da Saúde, pelo Conass (conselho que representa os secretários estaduais de saúde) e pelo Conasems (que representa os secretários municipais de Saúde) --órgãos gestores do Sistema Único de Saúde (SUS).

A prioridade será dada para adolescentes com comorbidades. O presidente do Conass, Carlos Lula, estimou nesta terça que a primeira dose seja dada a todos os brasileiros adultos num intervalo de três a cinco semanas --entre o final de agosto e setembro.

Não foi informado qual imunizante os adolescentes receberão. Em junho, a Pfizer recebeu autorização da Anvisa para vacinar adolescentes a partir de 12 anos.

Algumas cidades brasileiras, como Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, Niterói, no Rio, e Guajará-Mirim, em Rondônia, já começaram a vacinar adolescentes. O comunicado desta terça diz que estados e municípios devem seguir rigorosamente o Plano Nacional de Imunização, "sob pena de responsabilização futura".

Em todos os estados e no Distrito Federal, a primeira dose foi aplicada no equivalente a 45,96% da população, segundo dados divulgados pelo consórcio dos veículos de imprensa às 20h desta terça-feira. Mais de 18% da população brasileira está totalmente imunizada, ou com duas doses ou com dose única, contra a Covid-19.

Duas cidades do centro-oeste paulista zeraram nesta semana os casos ativos de Covid-19. Itaju (SP), cidade com 3.887 habitantes, segundo o último boletim divulgado na terça-feira (26), a cidade tinha 683 casos e tirando as 10 pessoas que morreram por causa da doença na cidade desde o começo da pandemia, os outros 673 moradores que testaram positivo para doença eram considerados curados.

A cidade também não tem nenhum caso suspeito aguardando resultado. Outra cidade na mesma situação é Presidente Alves. O município com pouco mais de 4 mil habitantes tem 298 casos positivos e todos são considerados curados. Na cidade, 7 pessoas morreram desde o início da pandemia.

Para as duas cidades, o avanço da vacinação é uma das explicações para redução na média diária de casos. Nos dois municípios, são vacinadas pessoas a partir de 25 anos com a primeira dose da vacina contra Covid.

Com apenas 13 anos e 203 dias (seis meses e 22 dias), a maranhense Rayssa Leal tornou-se a brasileira mais jovem a receber uma medalha olímpica — e a sétima medalhista mais jovem em toda a história dos Jogos Olímpicos de Verão.

Rayssa (conhecida como Fadinha), que ganhou a prata na categoria street nesta segunda-feira (26/07), é quatro meses mais jovem que a vencedora da modalidade, a japonesa Momiji Nishiya. A skatista do Japão se tornou a segunda medalhista de ouro mais jovem da história — um recorde que permanece intacto desde 1936.

A descoberta de um fóssil paralisou por dois meses as obras de duplicação da Rodovia Leonor Mendes de Barros, entre as cidades de Marília e Júlio Mesquita, a aproximadamente 370 quilômetros de São Paulo.

O fóssil, que os paleontólogos acreditam ser um fêmur, com cerca de 1 metro e meio, seria de uma espécie do período Cretáceo, conhecido como período final da "Era dos Dinossauros", ocorrido há pelo menos 65 milhões de anos.

O fóssil foi encontrado a 20 metros da superfície e a poucos centímetros da lateral de um talude. Após a descoberta, a obra precisou ser paralisada por dois meses para que uma equipe de paleontólogos fizesse a extração, que deve ser concluída nesta segunda-feira (26).

Uma mulher foi morta a facadas na madrugada desta segunda-feira (26) na Rua Amado de Barros, na Vila Guimarães, em Botucatu (SP). O marido é suspeito do crime e está foragido.

De acordo com a Polícia Militar, a equipe foi acionada pelos familiares do suspeito e quando chegaram ao local, a vítima, Hélen Jéssica de Oliveira Oyan, de 30 anos, já estava morta no chão do banheiro.

A polícia informou ainda que o irmão, a cunhada e a tia de Élton Rodrigo Soares de Souza, de 36 anos, disseram aos policiais que ele agrediu a mulher com uma faca e depois fugiu em uma motocicleta.

Uma nova massa de ar frio intensa, de origem polar, se aproxima do Brasil devendo atingir o Sul do país a partir de amanhã (26), com chuva nos três estados da região. A expectativa é de que, na terça-feira (27), essa massa se desloque por partes do Sudeste e do Mato Grosso do Sul.

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), esta é a terceira massa de origem polar a atuar no país este ano, devendo durar até pelo menos o dia 1º de agosto. Após passar pelas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, ela deverá chegar no sudoeste da região amazônica, onde provavelmente será caracterizada como “episódio de friagem”.

O Inmet informa que, ainda no dia 27, a Região Sul deverá apresentar “declínio acentuado das temperaturas máximas” e, nos dias seguintes (28 e 29), o ar frio deverá avançar pelo oeste do Brasil (Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e sul da Amazônia Legal) e também sobre São Paulo, atingindo, nos dias 29 e 30, o restante do Sudeste e as demais áreas do Centro-Oeste.

“Muito provavelmente, teremos um outro episódio de frio intenso (similar ou mais forte do que o evento do final de junho)”, informa o Inmet.

A Prefeitura de Itápolis adianta, novamente, a faixa etária da Vacinação contra Covid-19: nesta segunda-feira (26/7) pessoas com 25 anos, além de Lactantes, Gestantes, Puérperas e Pessoas com Comorbidades ou Deficiência Permanente, acima de 18 anos, podem receber a dose de imunização contra o coronavírus.

Os atendimentos para 25 anos acontecem nos postos com seus respectivos horários

8h às 13h

Centro de Saúde

UBS Jardim Redenção

UBS Jacy Tucci

8h às 11h

UBS Tapinas

UBS Nova América

Segundo o site FlixPatrol, La Casa de Papel possui o recorde de ficar mais dias seguidos no Top 10 da Netflix ao redor do mundo. A série espanhola teria superado produções como Friends, Brooklyn Nine-Nine e 365 DNI (365 Days).

O levantamento afirma que o seriado ficou 486 dias consecutivos no Top 10, não importando a posição. Friends, que agora é da HBO Max, conseguiu ficar nesse ranking por 474 dias.

A Prefeitura de Itápolis segue, nesta segunda-feira (19), com a vacinação covid para a faixa etária de 30 anos ou mais, além de Lactantes, Gestantes, Puérperas e Pessoas com Comorbidades ou Deficiência Permanente, acima de 18 anos, podem receber a dose de imunização contra o coronavírus. 

Temporariamente, o Drive-thru do São Benedito estará suspenso, mas os municípes poderão receber a vacinação nos seguintes locais, de acordo com cada grupo 

Confeiteira (NOVA VAGA)
Técnico de enfermagem (NOVA VAGA)
Ajudante Mecânico Bombista Diesel
Auxiliar de Mecânico
Auxiliar de mecânico de linha diesel
Auxiliar de produção
Consultor Externo
Consultor Líder
Costureira
Entregador delivery
Mecânico de autos (oficina de carro)
Motorista carreteiro
Motorista de Munck
Operador de caldeira
Soldador
Soldador industrial
Soldador para estrutura metálica
Técnico mecânico industrial
Vendedor Externo

A Prefeitura de Itápolis, Santa Casa e Secretaria de Saúde divulgam os números dos atendimentos do dia 13 de julho de 2021, para garantir a transparência dos serviços prestados no Centro de Atenção à Covid de Itápolis.

O Centro de Atenção à Covid de Itápolis atende os casos de sintomas gripais e casos suspeitos ou confirmados de Covid-19, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h.

 Os casos de dengue no Município se estabilizaram nas últimas semanas. O último registro em Itápolis foi em junho e, até hoje (14/7), os números de confirmados permanecem os mesmos, sendo 122 casos de pessoas que foram contaminadas pelo mosquito aedes aegypti.

A equipe do Controle de Vetores tem trabalhado no Bloqueio de Criadouros, que consiste na vistoria dos focos do mosquito nas residências e empresas da cidade e dos distritos, e também na orientação à população. O resultado já é observado e a doença está sendo controlada no Município.

As dificuldades motoras e as sequelas auditivas que impediram a jovem Amanda Mangili, moradora de Dois Córregos (SP), de se comunicar pela fala são apenas alguns dos obstáculos que ela enfrenta todos os dias em busca do seu maior sonho: o de ser uma influencer digital.

Produzindo fotos e vídeos sozinha, a jovem, de 21 anos, tem mais de 100 mil seguidores em seu perfil no Instagram, além do canal de vídeos no Youtube, onde demonstra a sua paixão pelo mundo da moda e da maquiagem. A mãe dela, Janaina Mangili, conta que Amanda faz tudo sozinha.

Botucatu registrou mais uma queda na média diária de novos casos de Covid-19 quase dois meses após as ações de vacinação em massa. A cidade faz parte da pesquisa sobre a efetividade da vacina Oxford/AstraZeneca. No acumulado das oito semanas, a redução dos casos chegou a 86,5%.

O número é baseado na redução de casos da doença registrada na semana entre 4 de julho e 10 de julho, em que a média caiu para 19 casos por dia. Entre os dias 6 a 12 de junho foram 141 casos diários confirmados.

Subcategorias