Colors: Yellow Color

Cientistas descobriram pela primeira vez uma caverna na Lua.

Com pelo menos 100 metros de profundidade, ela poderia ser um local ideal para os humanos construírem uma base permanente, segundo os pesquisadores.

E esta é apenas uma entre provavelmente centenas de cavernas escondidas em um "mundo subterrâneo e não descoberto".

A pesquisa foi publicada na revista científica Nature Astronomy nesta segunda-feira (15/7).

Países estão competindo para estabelecer uma presença humana permanente na Lua, mas eles precisarão proteger os astronautas da radiação, das temperaturas extremas e do clima espacial.

O uso em excesso do celular e outros dispositivos eletrônicos pode causar prejuízos à saúde que vão além do bem-estar mental ou da saúde ocular. A prática pode levar à má postura e, ao longo prazo, acrescentar até 27 kg de peso na coluna, uma condição chamada “síndrome do pescoço de texto” ou, como é conhecida em inglês, “text neck syndrome”.

A síndrome é caracterizada pela sobrecarga na musculatura e nas articulações da coluna, decorrente da postura inclinada do pescoço e da cabeça para frente e para baixo ao olhar para as telas de dispositivos como celulares, tablets e notebooks.

Você acorda e sente que não está descansado o suficiente; demora para pegar no sono ou desperta várias vezes durante a noite. Esses são alguns sinais de privação de sono e existem diversos fatores que podem contribuir para esse cenário: estresse, ansiedade, sedentarismo e algumas condições de saúde como apneia do sono, síndrome das pernas inquietas e bruxismo.

 Além disso, a alimentação também desempenha um importante papel na qualidade do sono. Afinal, alimentos como café, chocolate, chá-mate, chá-preto, refrigerantes, pimenta, gengibre e bebidas energéticas, quando consumidos em excesso ou próximos à hora de dormir, podem atrapalhar o sono, já que são estimulantes.

Em complemento a isso, um estudo publicado em 2007 na Nutrition Research Reviews mostrou que pessoas que dormem menos têm a maior probabilidade de se tornarem obesos, já que a pouca quantidade de sono pode aumentar a grelina, hormônio da fome, e reduzir os níveos de leptina, hormônio da saciedade, gerando o aumento do apetite. Tudo isso pode gerar problemas para a saúde a longo prazo.

“A má qualidade do sono aumenta de 40% a 45% o risco de infarto e de 30% o risco de acidente vascular cerebral (AVC)”, afirma Annibal Barros Junior, cardiologista e especialista em nutrologia, à CNN. “Ter uma noite de sono completa, com o sono REM, que é o sono profundo, é importante para a proteção cardiovascular. A privação de sono pode levar ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares como diabetes, hipertensão e resistência insulínica, por exemplo”, completa.

Diante disso, existem alguns alimentos que, em conjunto a outros hábitos saudáveis e que promovem o relaxamento, podem te ajudar a dormir melhor e reduzir os riscos associados à privação de sono. Entenda mais a seguir.

Proteger e cuidar dos companheiros de quatro patas sempre é uma das prioridades dos "pais de pet", entretanto, este cuidado precisa ser redobrado quando se trata da saúde deles em dias frios.

Ao g1 especialista destacou as principais doenças que podem acometer os pets com a chegada do inverno e como podemos prevenir e tratar estas condições sem muitos problemas.

Tutores e seus animais precisam adaptar à rotina e cuidados necessários para garantir a qualidade de vida dos pets em dias com baixas temperaturas.

Segundo o veterinário Reynaldo Landgraft, de Itapetininga (SP), cães e gatos podem ter problemas nas articulações e até mesmo contrair gripe, assim como os humanos, porém, isso só acontece se o animal foi negligenciado a ponto de ficar exposto ao vento, não for secado corretamente após os banhos ou ficar exposto a bactérias em ambientes com falta de higiene.

Que climão! O apresentador Luciano Huck ficou, nitidamente, desconfortável durante uma entrevista com a também apresentadora Eliana. Na conversa, que rolou nos bastidores da Globo, Luciano tentou evitar olhar diretamente nos olhos da artista.  

Entretanto, enquanto passeavam pelo Projac, ele desejou boas-vindas à loira. "Que seja um ciclo de muita felicidade e realizações. Chega com o pé direito, pois essa casa, para quem gosta de fazer televisão, é um parque de diversões", comentou o apresentador.

Além disso, Huck parabenizou a trajetória da nova amiga de trabalho. "Então, eu tenho certeza que você fez um movimento muito legal e que você será muito feliz aqui", finalizou o marido de Angélica, aparentemente nervoso. 

Na criação e na educação, as palavras se tornam fios invisíveis que contribuem para a construção da identidade dos mais jovens. O que acontece quando essas palavras assumem a forma de rótulos, quando categorizamos com adjetivos que podem servir de impulso, mas também inibem?

Somos arquitetos benevolentes ou limitadores involuntários de seus sonhos?

As palavras constroem, mas também classificam. Há um equilíbrio delicado entre o elogio edificante e as correntes aprisionadoras. E vale a pena refletir se o uso que fazemos das palavras está construindo pontes ou barreiras para as crianças que as ouvem.

A animação Divertida Mente 2, da Disney/Pixar, era um dos lançamentos mais aguardados do cinema em 2024 — não à toa, superou o filme Duna 2 e se tornou a maior bilheteria do ano até o momento, com menos de duas semanas em cartaz.

Boa parte do enredo se passa na cabeça de Riley, uma menina que enfrenta todos os desafios da transição para a adolescência — o Divertida Mente 1, de 2015, acompanha a personagem durante a infância.

Mas as estrelas principais da história são as emoções. No primeiro filme, conhecemos Alegria, Tristeza, Raiva, Medo e Nojo. Na parte dois, a turma ganha os reforços de Ansiedade, Inveja, Vergonha e Tédio.

 A partir da interação desses personagens, Riley reage, cria memórias e forma traços de personalidade.

O ator Michael J. Fox, 63, surpreendeu o público do festival Glastonbury, na Inglaterra, no sábado (29), e subiu ao palco para tocar guitarra durante o show da banda britânica Coldplay.

A participação do astro de “De Volta para o Futuro” e “Stuart Little”, que foi diagnosticado com Parkinson em 1991, ocorreu durante a performance de “Fix You”, um dos maiores clássicos da banda. A música faz parte do álbum “X&Y”, lançado em 2005 pelo grupo.
Após a música, o vocalista Chris Martin agradeceu a participação do ator canadense e revelou que a saga protagonizada por Fox é a principal razão da existência do Coldplay.

 “A principal razão de eu ter montado uma banda foi porque eu assisti ‘De Volta para o Futuro’. Agradeço ao nosso herói eterno e uma das pessoas mais incríveis do mundo, Michael J. Fox”, disse o britânico.

A apresentadora Patrícia Abravanel, 46, pediu perdão em nome do SBT para Eliana Michaelichen, 51, para o caso dela ter se sentido desrespeitada na emissora em algum momento ao decidir encerrar seu trabalho no canal, onde trabalhava há 15 anos.

“Em nome do SBT e da família [Abravanel], eu quero te pedir perdão se alguém te fez alguma coisa, falou alguma coisa que fez você sentir desrespeitada, desmerecida. Eu não sei o que aconteceu, eu não sei por onde entrou esse sentimento, mas que você vá para este novo ciclo sabendo que você é ama. As portas daqui vão ser sempre abertas para você”.

A partir desta sexta-feira (21), a Lua deve passar mais tempo brilhando no céu graças ao lunistício, fenômeno que ocorre aproximadamente a cada 18 anos.

O fenômeno recebe o apelido de “paralisação lunar” pois, como a Lua nasce e se põe em pontos mais distantes do céu, ela fica mais tempo visível, gerando a impressão de que o satélite está “paralisado” no mesmo lugar ao longo da noite.

A chegada do inverno ao Brasil, nesta quinta-feira (19), abre de vez a temporada de banhos quentes. O artifício usado, sobretudo, para driblar as baixas temperaturas também traz consigo um lado ruim, já que a água quente é prejudicial para a saúde da pele, do couro cabeludo e do próprio cabelo.

 Em entrevista à CNN, a dermatologista Márcia Linhares, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SDB), explicou os efeitos ruins do hábito de tomar banhos muito quentes no inverno.

Conforme apontou a médica, a água quente aumenta a secreção da glândula sebácea, deixando o couro cabeludo mais oleoso e facilitando a proliferação de fungos que causam caspa. No cabelo, o efeito é o inverso, já que os fios ficam muito ressecados, sem brilho e quebradiços.

Linhares relata ainda que, no corpo, o banho quente quebra a barreira que protege a pele e pode desencadear dermatites, doenças que costumam se agravar com a baixa umidade típica do inverno.

O alho é um dos ingredientes mais versáteis da cozinha e coleciona evidências de seu papel na proteção cardiovascular, sobretudo como agente aliado contra a hipertensão. Agora, uma revisão de estudos publicada no periódico Nutrients aponta os efeitos benéficos nas taxas de glicose e de colesterol.

Pesquisadores chineses se debruçaram em mais de 2 mil trabalhos e concluíram que substâncias presentes no vegetal atuam no equilíbrio da produção de insulina — hormônio que permite a entrada da glicose (açúcar) dentro das células —, promovendo o controle glicêmico no sangue. Essa ação contribui para a diminuição do risco de desenvolver diabetes tipo 2.

O trabalho ainda aponta a redução dos níveis de LDL, considerado o colesterol ruim, e um discreto aumento do HDL, conhecido como o bom colesterol. Tais efeitos têm ação protetora nos vasos sanguíneos, reduzindo o risco de complicações cardiovasculares como a aterosclerose, que é o acúmulo de gordura nas artérias.