alum

Você sabe qual o lado correto de usar o papel alumínio na cozinha? Em uma enquete feita pelo BOL em sua página no Facebook, cerca de 70% dos internautas disseram que deixam a parte fosca em contato com o alimento e o lado brilhante virado para fora. Porém essa é a maneira errada de usar o material no preparo de alimentos, segundo o consultor gastronômico Luiz Spagnolli.

"O lado brilhante, mais liso, deve ficar do lado interno do cozimento, junto ao alimento. Por ser menos aderente, gruda menos na carne. Outra razão é que o lado brilhante é mais refletivo em relação às ondas de calor. Se ficar virado para o lado externo, o cozimento demorará mais", explica o chef.

No entanto, a principal polêmica em relação ao uso de papel alumínio na cozinha está ligada à possível relação do metal com o Mal de Alzheimer. "Essa discussão é muito antiga. Ainda há quem questione, e não há uma prova definitiva. Existem textos na literatura que afirmam que o consumo de alimentos contaminados com o alumínio ao longo da vida pode servir de gatilho para a doença em quem já tem predisposição genética", revela o neurologista André Felicio, membro da Academia Brasileira de Neurologia (ABN).

Para Felicio, mesmo para quem não tem predisposição genética, não há como garantir que o alumínio não causará o problema ou trará outras consequências para a saúde. "O acúmulo de metais pesados é prejudicial e conta com o auxílio de outros fatores de risco, como o envelhecimento. Ficar mais velho é um processo pelo qual todos nós passamos, não há como evitar. Nesses casos, o alumínio também pode servir de gatilho para o Alzheimer", explica o médico.

O uso correto do papel alumínio na cozinha poderia ser uma forma de reduzir o contato do metal com a comida, já que a parte brilhante adere menos ao alimento, porém o neurologista prefere a prevenção: "Existem muitas outras formas de nos expormos a esses metais pesados. Então, é importante evitar sempre que possível e usar outros materiais no preparo dos alimentos", explica Felicio. (Do BOL)

Mais Lidas