fifarecord

A FIFA dirigida por Joseph Blatter (foto) bateu todos os seus recordes de faturamento e lucro com a Copa do Mundo no Brasil. O faturamento total foi de R$ 10 bilhões, batendo com folga o recorde anterior de R 9 bilhões alcançado na África do Sul.

De acordo com o jornal “Welt am Sonntag”, o lucro líquido da FIFA com o evento realizado no Brasil foi de R$ 5 bilhões, já abatidas todas as despesas com o evento. Comparado com este lucro monumental, as federações nacionais e os clubes receberam quantias bem mais modestas. A Federação Alemã de Futebol, por exemplo, recebeu R$ 80 milhões e os clubes que cederam atletas para as respectivas seleções receberam no total R$ 500 milhões. Os 21 clubes alemães, que cederam ao todo 76 jogadores para a Copa do Mundo no Brasil, vão receber apenas R$ 17 milhões, ou seja: R$ 223.000,00 por jogador cedido para a respectiva seleção.

Feitas todas as contas e pagas todas as despesas, a empresa comandada por Joseph Blatter poderá contabilizar na sua conta bancária mais R$ 5 bilhões.

Mais Lidas