Flamengo determina luto de sete dias em homenagem a Jorginho, que morreu vítima do Covid-19

O Conselho Diretor do Flamengo, em reunião realizada na última segunda-feira, determinou luto oficial de sete dias em homenagem a Jorge Luiz Domingos, o Jorginho, massagista a equipe profissional por 40 anos. Ele morreu por causa do coronavírus. O pedido foi feito pelo vice-presidente geral e jurídico do clube, Rodrigo Dunshee de Abranches.


Jorge Luiz Domingos, faleceu nesta segunda-feira (4) por complicações da Covid-19. Ele foi massagista do Clube de Regatas do Flamengo por mais de 40 anos.
Jorginho, como era chamado por todos, foi internado na UTI no dia 21 de abril de 2020, com suspeitas de estar contaminado com o novo coronavírus.


Ele foi o terceiro funcionário do Clube a testar positivo para a Covid-19. Domingos ficou internado no Hospital na Ilha do Governador. Ele teve complicações devido a uma infecção do vírus SARS-CoV-2 e veio a falecer aos 68 anos, após ter uma parada cardiorrespiratória no começo da tarde desta segunda-feira.

Integrantes do Flamengo que testaram positivo para a covid-19

Antes de Jorginho testar positivo para a Covid-19, outros dois funcionários do Clube de Regatas do Flamengo também fizeram o exame e confirmaram estar com a doença, sendo eles: Maurício Gomes de Mattos, vice-presidente de Embaixadas e consulados, e Sandro Rilho, que trabalha na parte de eventos da Gávea. Ambos foram internados, mas já se encontram recuperados e em isolamento social.
Notas de pesar

O Flamengo lançou uma nota de pesar onde lista todos os 31 títulos conquistados pelo Flamengo enquanto Jorginho esteve presente.

O clube exaltou a participação dele em conquistas importantes, especialmente no pentacampeonato mundial da Seleção Brasileira em 2002.

Na lista de vitórias, estão as 15 do Campeonato Carioca e as 6 do Campeonato Brasileiro.

Diego Ribas publicou em seu perfil oficial do Twitter uma foto de Jorginho, e desejou que seu amigo de anos descansasse em paz. Ele também relembrou o quanto era importante e especial.

 

Flamengo determina luto de sete dias em homenagem a Jorginho, que morreu vítima do Covid-19

Flamengo determina luto de sete dias em homenagem a Jorginho, que morreu vítima do Covid-19

O Conselho Diretor do Flamengo, em reunião realizada na última segunda-feira, determinou luto oficial de sete dias em homenagem a Jorge Luiz Domingos, o Jorginho, massagista a equipe profissional por 40 anos. Ele morreu por causa do coronavírus. O pedido foi feito pelo vice-presidente geral e jurídico do clube, Rodrigo Dunshee de Abranches.


Jorge Luiz Domingos, faleceu nesta segunda-feira (4) por complicações da Covid-19. Ele foi massagista do Clube de Regatas do Flamengo por mais de 40 anos.
Jorginho, como era chamado por todos, foi internado na UTI no dia 21 de abril de 2020, com suspeitas de estar contaminado com o novo coronavírus.


Ele foi o terceiro funcionário do Clube a testar positivo para a Covid-19. Domingos ficou internado no Hospital na Ilha do Governador. Ele teve complicações devido a uma infecção do vírus SARS-CoV-2 e veio a falecer aos 68 anos, após ter uma parada cardiorrespiratória no começo da tarde desta segunda-feira.

Integrantes do Flamengo que testaram positivo para a covid-19

Antes de Jorginho testar positivo para a Covid-19, outros dois funcionários do Clube de Regatas do Flamengo também fizeram o exame e confirmaram estar com a doença, sendo eles: Maurício Gomes de Mattos, vice-presidente de Embaixadas e consulados, e Sandro Rilho, que trabalha na parte de eventos da Gávea. Ambos foram internados, mas já se encontram recuperados e em isolamento social.
Notas de pesar

O Flamengo lançou uma nota de pesar onde lista todos os 31 títulos conquistados pelo Flamengo enquanto Jorginho esteve presente.

O clube exaltou a participação dele em conquistas importantes, especialmente no pentacampeonato mundial da Seleção Brasileira em 2002.

Na lista de vitórias, estão as 15 do Campeonato Carioca e as 6 do Campeonato Brasileiro.

Diego Ribas publicou em seu perfil oficial do Twitter uma foto de Jorginho, e desejou que seu amigo de anos descansasse em paz. Ele também relembrou o quanto era importante e especial.

 

Mais Lidas