ferdecote

O vestido utilizado por Fernanda Lima levantou polêmicas no Irã

Depois de criticarem a apresentadora Fernanda Lima por conta da vestimenta no sorteio de grupos para a Copa do Mundo, os asiáticos criaram uma página no Facebook para pedir desculpas.

"Olá querida Fernanda. Sou um homem iraniano. Sinto muito pelas palavras rudes que alguns iranianos disseram a você. Eles não representam os iranianos, são só uma minoria que representa o governo islâmico do Irã. Desculpe", disse o internauta Hadi Hakim.

Até as mulheres, que são obrigadas a usar um véu islâmico para andar nas ruas, saíram em defesa de Fernanda Lima. A iraniana Banafshe Sharifian, por exemplo, aproveitou o desabafo para fazer duras críticas ao governo do país.

"Você tem o direito de usar o que quiser e os iranianos que escrevem estes comentários deveriam entender que não é sua culpa que o programa não foi exibido na TV iraniana. É culpa do governo que tenta incessantemente limitar a liberdade no país".


Entenda o caso

Durante o sorteio de grupos da Copa do Mundo, a TV estatal do Irã parou de transmitir o evento por conta dos trajes utilizados por Fernanda Lima. Após muitas reclamações dos telespectadores, os asiáticos resolveram dar explicação e colocam a culpa na apresentadora.

"Faremos o possível para mostrar o sorteio, mas, para ser honesto, o vestido da mulher que apresenta o evento não está nem um pouco de acordo com nossas diretrizes".

Desde então, os iranianos passaram a ofender a brasileira nas redes sociais. Vale lembrar que Fernanda Lima foi bastante elogiada pela grande maioria das pessoas que assistiram ao sorteio e já se tornou uma espécie de musa da Copa do Mundo.

Mais Lidas