Colors: Purple Color

O município de Ibitinga suspenderá a produção industrial na cidade, a partir do dia 31 de maio. A determinação foi publicada em Diário Oficial nesta quinta-feira (27) como medida de contenção e enfrentamento ao avanço da contaminação por coronavírus.

Segundo o decreto, serão suspensas as atividades da linha de produção em fábricas, indústrias, salões de bordado e similares. Serviços internos administrativos e vendas por meio online, drive thru, delivery e retiradas de mercadoria à porta, continuarão em funcionamento.

“Assim como o comércio, as vendas de mercadorias não estão suspensas. No caso das indústrias, o que se suspende são as linhas de produção de mercadorias. A regra de suspensão não se aplica à indústria de alimentos”, complementou a Secretária de Assuntos Jurídicos da Prefeitura de Ibitinga, Tatiana Fodra.

As novas determinações se somam às restrições dadas no Decreto 5010/21 para escolas, espaços religiosos, ranchos, áreas de lazer, casas de evento, Feira do Artesanato e entrada de ônibus de finalidade turística.

Leia mais...

A Justiça determinou que o estado e as prefeituras de Barra Bonita e de Igaraçu do Tietê (SP) adotem medidas para impedir a aglomeração de pessoas, sob pena de multa em caso de descumprimento. A informação foi divulgada pela prefeitura de Barra Bonita nesta quarta-feira (26).

A decisão judicial se baseia em notícia de aglomerações de pessoas sem uso de máscara em locais públicos e privados, e em estabelecimentos comerciais que desrespeitam a lotação máxima permitida pelo Plano São Paulo, que determina regras sanitárias para a contenção da pandemia de coronavírus.

Há algumas semanas, jovens de Barra Bonita que estavam aglomerados em uma praça que fica na orla turística da cidade foram surpreendidos ao serem molhados pelo caminhão da prefeitura que realiza a limpeza e a desinfecção da região no entorno no Rio Tietê.

Leia mais...

Comerciantes de Ibitinga se reuniram em frente a prefeitura local, na manhã desta quarta-feira, 26, em protesto contra o novo decreto publicado na segunda-feira, restringindo até 7 de junho, atividades econômica, religiosa, educacional e turística. As novas determinações consideram o alto índice de infecções por coronavírus e o iminente colapso do sistema de saúde em toda a região de Araraquara, a qual pertence a cidade do centro-oeste paulista.

O decreto suspende o atendimento presencial de comércios em geral, bares, restaurantes, academias e, dentre outros, salões de beleza e academias. O documento oficial também suspende a entrada de excursões, aulas presenciais de escolas públicas e privadas a partir de quarta-feira (26), bem como os encontros coletivos para fins de atividades religiosas.

Leia mais...

A Secretaria Estadual da Saúde divulgou dados que apontam que o Hospital Estadual e Hospital de Base de Bauru já afastaram 880 profissionais da saúde das unidades por contaminação da Covid-19 desde o início da pandemia, três colaboradores morreram.

Os dois hospitais são geridos pela Secretaria Estadual de Saúde, mas apenas o Hospital Estadual recebe pacientes da Diretoria Regional de Saúde (DRS) VI, que abrange a região de Bauru e atende 68 municípios.

Segundo a secretaria, o Hospital Estadual, que conta com 60 leitos de UTI para Covid-19, já afastou 490 colaboradores que testaram positivo dos 1.763 que atuam na unidade.

Leia mais...

Uma cachorra da raça shih-tzu morreu nesta segunda-feira (17) um dia depois de ter evitado que um pitbull atacasse uma criança de 8 anos em Bauru.

A psicóloga Thaynara Milano conta que estava com a filha, Larah, a cachorrinha Lilica e um outro cão da família em frente de casa no bairro Gasparini, na tarde deste domingo (16), quando o pitbull do vizinho escapou.

"Sentei ali na calçada junto dela e fiquei olhando. A Lilica e o Bola, que é filho dela, saíram e ficaram ali na calçada comigo. Eles sempre ficam ali com alguém junto. Foi tudo muito rápido. O pitbull do vizinho simplesmente abriu o portão e foi para cima da Larah. Nisso, a Lilica se assustou e foi para frente. Foi aí que ele pegou a Lilica e não soltava", lembra Thaynara.

Diante da situação desesperadora, a psicóloga levou a filha para dentro de casa e gritou por ajuda, enquanto procurava algo que pudesse usar para tentar separar os animais.

Leia mais...

Teve início nesta segunda-feira (17) a testagem em massa em Rio Claro. O município deve realizar um mapeamento da situação epidemiológica com a aplicação de 8 mil testes de Covid-19.

Segundo a prefeitura da cidade, a testagem também possibilita a identificação precoce de casos positivos, "o que é fundamental para evitar que a doença seja transmitida para mais pessoas".

Os testes são realizados numa parceria entre prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, Faculdade de Medicina do Claretiano e Instituto Butantan.

Leia mais...

A Santa Casa de Ibitinga informa que, até esta quinta-feira, 29, foram registrados 5868 casos de coronavírus em Ibitinga. Confira o registro deste dia 29/04/21 às 17h45

- Um homem de 49 anos foi a óbito na quarta-feira, na Santa Casa de Ibitinga. Ele foi confirmado para a Covid-19.
- Um homem de 26 anos veio a óbito na quinta-feira, na Santa Casa de Ibitinga. Ele foi confirmado para a Covid-19.
- Um homem de 83 anos veio a óbito na quinta-feira, no Centro de Referência de Combate à Covid, em Ibitinga. Ele realizou exame tipo PCR e ficará no quadro de suspeitos até a chegada do resultado.
- 01 paciente confirmado foi transferido para hospital da região.

Leia mais...

É com muito orgulho que uma moradora de Botucatu posou na foto para a família com o recado em uma folha de sulfite dizendo "Venci a Covid-19!". A preocupação dos parentes em saber se ela estava bem é, principalmente, por conta de um detalhe: seus 100 anos de vida.

Ainda em repouso por causa dos sintomas pós doença, como cansaço e leve falta de ar, Helena Tortorella Pinheiro Machado apresenta um quadro bom durante a recuperação após os 17 dias internada em hospitais da região.

Leia mais...

A tradicional Feira do Artesanato de Ibitinga retorna ao seu funcionamento neste sábado. A reabertura para turistas na cidade foi autorizada com uma logística de restrições de segurança sanitária.

“É fundamental destacar que os artesãos precisam seguir as normas de distanciamento, higienização e uso de máscaras. O fluxo de ônibus turísticos está limitado a 20 coletivos, mediante prévio agendamento na Secretaria de Turismo da Prefeitura”, explicou o diretor de Turismo, Moacir Favero.

Leia mais...

A Prefeitura de Araraquara, em parceria com o Instituto Butantan, iniciou a disponibilização do tratamento com plasma para pacientes infectados com a Covid-19.

O tratamento está disponível para pacientes com 40 anos completos de idade ou mais, que tenham comorbidades e que estejam entre o primeiro e quarto dia do início dos sintomas.

Entre as comorbidades estão hipertensão, diabetes, cardiopatias, pneumopatias, obesidade, doença renal crônica, doença hepática, além dos imunossuprimidos.

Desenvolvida pelo Butantan, a terapia será aplicada em moradores contaminados por meio de uma parceria com a Unimed e a Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Como obter o tratamento?

Os pacientes que estiverem aptos a receber o tratamento serão encaminhados pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Xavier – Polo de Atendimento Covid em Araraquara – para o Centro Epidemiológico da Unimed, onde será feita a transfusão do plasma.

Como funciona?

O plasma, que é a parte líquida do sangue, é retirado de voluntários já curados da Covid-19 e aplicado no paciente infectado.

Os anticorpos presentes no plasma estimulam o organismo infectado a se defender da doença, até que o corpo tenha tempo de reagir e montar a sua resposta autoimune.

Embora, até o momento, não exista terapia especifíca contra a Covid-19, o tratamento com plasma convalescente tem trazido bons resultados, segundo estudos do Instituto Butantan.

Onde já é usado?

A técnica já é utilizada em vários países, como os Estados Unidos e o Reino Unido. No Brasil, o Rio de Janeiro é pioneiro no tratamento, que também já é usado em Manaus. A Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) afirma que a eficácia ainda não é comprovada.

EPTV

Os alunos do curso de direito de uma universidade particular de Ourinhos publicaram uma carta de repúdio e pediram o afastamento do professor que viralizou e causou polêmica nas redes sociais ao dizer que o comportamento da vítima de estupro pode “colaborar” com o crime.

Na carta aberta que foi divulgada na página da Associação Atlética Acadêmica de Direito FIO no Facebook, assinada por alunos de vários períodos do curso de Direito da Unifio, os estudantes pedem o afastamento do professor Fábio Alonso das atividades, uma vez que, segundo os próprios alunos, ele não teria entendido o posicionamento deles apesar da conversa que tiveram com o docente.

“Por mais que a gente tenha conversado já com o professor sobre o ocorrido, as recentes entrevistas por ele dadas aos meios de comunicação, que agora estão sendo divulgadas, demonstram que o que foi exposto pelos alunos ainda não foi por ele compreendido, sendo este o primeiro ponto de nossa nota.”

Leia mais...