Colors: Blue Color

magia

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira (2), em quatro estados, uma operação para prender médicos, empresários e representantes comerciais suspeitos de participação em um suposto esquema que induzia pacientes a se submeterem a procedimentos cardiológicos desnecessários apenas para venderem próteses cardíacas e desviar recursos do Sistema Único de Saúde (SUS).


daniela-2

Foto: Divulgação -G1

Do G1 - A universitária Daniela Pinheiro Palheta, de 21 anos, considerada desaparecida desde o dia 15 de maio, retornou para casa dos pais na manhã deste domingo (24). A jovem viajou para Presidente Figueiredo, município a 107 km de Manaus. Aos pais, ela contou que estava em um barco, em uma área sem sinal de celular. O desaparecimento chegou a ser registrado na Polícia Civil. 

cao

Uma lei esperada há tempos finalmente saiu do papel e foi aprovada pela Câmara dos Deputados: a partir de agora, maltratar animais leva para a prisão. A detenção de três anos para quem matar animais é apenas uma parte do projeto, que também legaliza a eutanásia em caso de doenças — desde que o remédio letal seja aplicado de forma “assistida e controlada”.

whatts

Há algumas semanas o WhatsApp começou a liberar o suporte para chamada de voz por meio de convites limitados, o que causou uma grande corrida na grande rede. Tratava-se de uma forma de testar o serviço em modo Beta antes de liberá-lo para todos os usuários. Foram três oportunidades que duraram cerca de 24 horas, mas parece que a espera de muitos finalmente acabou.

celular

Depois do incidente judicial envolvendo a operadora de telefonia móvel TIM, onde um advogado conseguiu uma ordem judicial para impedir que a operadora cortasse seu acesso a internet após o uso da franquia de dados diária, foi a vez de outra operadora sofrer as consequências por tabela: A VIVO. Neste momento, ambas as operadoras estão proibidas através de uma liminar, de bloquear o acesso a internet de seus usuários que ultrapassarem os dados permitidos diariamente, sendo obrigadas a reduzir apenas a velocidade de sua navegação.

metro

Uma funcionária de uma cabine de recarga do Bilhete Único foi estuprada dentro do seu posto de trabalho na Estação República, no centro, uma das mais movimentadas do Metrô. Ela se preparava para sair quando foi abordada por dois criminosos. A ocorrência, na noite de quinta-feira, 2, só veio a público nesta segunda-feira, 6, após denúncia de empregados do Metrô, que alegam que a empresa tentou abafar o caso. A Polícia Civil está investigando e já tem imagens de câmeras de vigilância que podem ajudar a identificar os bandidos.