Colors: Blue Color

Alejandro Gomez está sem água corrente há mais de três meses. Às vezes, a água dura uma ou duas horas, mas apenas um pequeno gotejamento, apenas o suficiente para encher alguns baldes. Depois nada durante muitos dias.

Gomez, que mora no distrito de Tlalpan, na Cidade do México, não tem um grande tanque de armazenamento, por isso não recebe entregas de caminhões-pipa, porque  simplesmente não há onde armazenar a água. Em vez disso, ele e sua família usam o que podem comprar e armazenar.

Quando se lavam, eles captam o escoamento para dar descarga. “É difícil”, disse ele à CNN. “Precisamos de água, é essencial para tudo.”

A escassez de água não é incomum neste bairro, mas desta vez parece diferente, disse Gomez. “No momento, estamos com esse clima quente. É ainda pior, as coisas são mais complicadas.”

Em julho do ano passado, o youtuber Leandro Batista, de 36 anos, embarcou em uma viagem que acreditava que confirmaria uma crença que ele divulgava com afinco em seu canal e redes sociais, mesmo contrariando o consenso científico: o terraplanismo.

Mas ele voltou dessa viagem convencido justamente do contrário e com o novo desafio de persuadir seus seguidores da mesma coisa.

Tudo começou quando Leandro pediu ajuda para seus seguidores para pagar pela viagem e seguiu para a Noruega em uma missão autodeclarada de explorar o mundo “se baseando em um modelo de Terra plana”.

Ele não acreditava em pesquisas, fotos ou vídeos que atestam que o planeta é redondo e queria coletar suas próprias evidências para provar o contrário.

O governo de São Paulo anunciou que, a partir desta segunda (5), o acesso a diversos aplicativos e plataformas de streaming será bloqueado nas escolas estaduais — tanto no ambiente pedagógico quanto no administrativo, ou seja, para alunos e funcionários.

A Secretaria da Educação informou que o objetivo da medida é otimizar o uso de infraestrutura tecnológica para o desenvolvimento pedagógico dos estudantes e que o bloqueio já estava em vigor aos estudantes desde fevereiro de 2023. (leia íntegra abaixo)

O uso de celulares em escolas tem sido amplamente debatido e estudado por especialistas em educação ao redor do mundo. Muitos educadores argumentam que os aparelhos são importantes para a divulgação de informações e que, se usados corretamente e com moderação, podem ser ferramentas no processo de aprendizado.

Mas há também, na comunidade acadêmica, a preocupação de que o uso de celulares nas escolas limite ou atrapalhe a socialização dos estudantes, além de comprometer a atenção ao que os professores ensinam em sala de aula.

Estão na lista de suspensão os seguintes aplicativos:

TikTok (app de vídeos)
Kwai (app de vídeos)
Facebook (rede social)
Instagram (rede social)
GloboPlay (streaming)
Roblox (jogo)
Netflix (streaming)
Prime Video (streaming)
X/Twitter (rede social)
Twitch (streaming)
HBO Max (streaming)
Disney+ (streaming)
Steam (download de jogos e apps)

A suspensão ocorre na rede Wi-Fi e na cabeada.

Um grupo de parentes de israelenses mantidos como reféns por militantes do Hamas invadiu uma sessão de um comitê do parlamento em Jerusalém nesta segunda-feira (22), exigindo que os parlamentares façam mais para tentar libertar seus entes queridos.

A ação de cerca de 20 pessoas sinalizou a crescente dissidência interna no quarto mês da guerra de Gaza.

Uma mulher segurava fotos de três membros da família que estavam entre as 253 pessoas que foram apreendidas no ataque do Hamas em 7 de outubro.

Uma representante comercial, de 63 anos, viu o momento em que quatro das sete vítimas foram atingidas por um raio na praia da Vila Caiçara, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Entre elas, a idosa, de 68 anos, que morreu após a descarga elétrica. Ao g1, nesta segunda-feira (22), Marisa Pincerato disse ter assistido a fatalidade pela janela de casa. "Fiquei em choque", disse ela.

As sete vítimas estavam na faixa da areia, no começo da tarde de sábado (20), quando começou um temporal. Chovia muito e uma tempestade elétrica intensa cobria a Baixada Santista, de acordo com dados em tempo real do Elat - Grupo de Eletricidade Atmosférica.

O governo do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou nesta sexta-feira (19) novas medidas para cortar custos de veículos elétricos vendidos no país. Além disso, a intenção é continuar a construir uma rede de carregamento local “conveniente” e “confiável” para esses carros.

Em comunicado da Casa Branca, a administração detalha medidas para reduzir custo de veículos elétricos e recorda que, desde a posse de Biden, as vendas deles mais que quadruplicaram, com mais de 4,5 milhões hoje rodando no país.

A Receita Federal realiza, no próximo dia 30, mais um leilão com mercadorias apreendidas ou abandonadas na Delegacia do órgão público em Ribeirão Preto (SP).

Os interessados podem dar lances para produtos e bens como veículos, drones, celulares e aparelhos eletrônicos, roupas e acessórios de grife, e uma série de outros itens distribuídos entre os 74 lotes do leilão. (veja a lista completa abaixo)

O INSS começa nesta segunda-feira (15) a utilizar inteligência artificial (IA) para detectar fraudes em atestados médicos para conseguir o auxílio-doença, atualmente chamado de benefício por incapacidade temporária.

Esse benefício é concedido quando o trabalhador precisa ficar afastado do serviço por mais de 15 dias por motivo de doença. Para obtê-lo, é necessário apresentar atestado ou fazer uma perícia médica (entenda mais abaixo).

Por milhares de anos escondida pela vegetação, uma enorme cidade antiga foi recentemente encontrada na Amazônia equatoriana.

A descoberta muda o que sabemos sobre o histórico de ocupação na Amazônia.

As casas e praças na área de Upano, no leste do Equador, eram conectadas por uma surpreendente rede de estradas e canais.

A área fica próxima a um vulcão, o que tornou o solo rico, mas que também pode ter levado à destruição da sociedade que um dia existiu no local.

Embora soubéssemos da existência de cidades estabelecidas nas terras altas da América do Sul, como Machu Picchu no Peru, acreditava-se que, nas altitudes baixas da Amazônia, as pessoas só viviam de forma nômade ou em pequenos assentamentos.

O ano de 2023 foi confirmado como o mais quente já registado, impulsionado pelas mudanças climáticas causadas pelo homem e pelo fenômeno natural El Niño.

O ano passado foi cerca de 1,48ºC mais quente do que a média de longo prazo — antes de os seres humanos começarem a queimar grandes quantidades de combustíveis fósseis, afirma o serviço de clima da União Europeia.

Desde julho, quase todos os dias registraram um novo aumento na temperatura global do ar para esta época do ano, segundo análise da BBC.

As temperaturas da superfície do mar também superaram as máximas anteriores.

O Met Office, serviço climático do Reino Unido, informou na semana passada que o país teve em 2023 seu segundo ano mais quente já registrado na história.

Estes registros globais mostram que o mundo está perto de descumprir os principais objetivos climáticos internacionais.

"O que me impressionou não foi apenas o fato de [2023] ter sido de recordes quebrados, mas sim a grande margem para quebra-los", observa Andrew Dessler, professor de Ciências Atmosféricas na Texas A&M University.

A margem de alguns desses registros – que se pode verificar no gráfico abaixo – é "realmente surpreendente", diz o professor Dessler, considerando que são médias de todo o mundo.

Um encontro raríssimo ocorreu na Colômbia.

O ornitólogo amador John Murillo estava na Reserva Natural Demonstrativa Don Miguel, cerca de 10 km a sudoeste da cidade de Manizales, na Colômbia, quando avistou algo que lhe chamou a atenção: um pássaro saí-tucano silvestre, também conhecido como tem-tem, ou Chlorophanes spiza.

Mas havia algo absolutamente único naquela ave: no lado esquerdo a plumagem era verde, cor característica das fêmeas daquela espécie, e no lado direito a plumagem era azul, típica dos machos.